SEBIM

A ABRASIP-MG promove o Seminário BIM (Building Information Modeling) desde 2018. Um evento que abre espaço para debates sobre atualizações e implementação desta tecnologia no mercado.

Uma oportunidade para profissionais ampliarem seus conhecimentos, aprimorarem suas habilidades tecnológicas e estarem cada vez mais conectados às mais recentes novidades do mercado.

A pedido dos participantes da primeira edição, as incrições para o 2º SeBIM – 2019 já estão abertas!

Vivemos na atualidade em uma era cada vez mais digital! Estamos cada vez mais conectados com a tecnologia, que proporciona otimizações de recursos em vários aspectos, nos traz conforto, versatilidade, bem-estar, e tantos outros benefícios a nível individual e organizacional. 

Na construção civil, percebemos que estamos também nesse caminho. Entendemos portanto, que o BIM (Building Information Modeling) tem papel fundamental no processo de digitalização dessa indústria que ainda tem muito a evoluir.

Em 2018, realizamos o I SeBIM, onde o tema central foi: O QUE O BIM PODE FAZER POR VOCÊ AGORA? Nessa edição do seminário que foi um grande sucesso e superou expectativas em todos os sentidos, mostramos para o mercado mineiro, através de seletos cases regionais na área de projetos de arquitetura, sistemas prediais, estrutura, assim como gestão de obras e projetos, os resultados e benefícios do BIM que já poderiam ser colhidos através da utilização do projeto concebido utilizando-se a plataforma.

Em 2019, queremos ir além. Queremos mostrar para o mercado mineiro e nacional, através de cases práticos e de obra, a utilização do BIM na Construção 4.0 – onde estamos e para aonde queremos chegar.

A segunda edição do SeBIM irá acontecer no dia 26 de junho (As inscrições irão ser encerradas no dia 21 de Junho de 2019). Idealizado e formatado pela Abrasip-MG, será realizado em parceria com outras 3 grandes entidades: Sinduscon-MG, Sebrae-MG e CBim.

Ana Bárbara Ivo da Fonseca
Palestra: Case contratação BIM – Privado

MINI-CURRÍCULO:

Ana Bárbara Ivo da Fonseca

Mestre em tecnologia da construção pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT-SP) e formada em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG. Desde 2000, acumula experiências no mercado de desenvolvimento e coordenação de projetos de diferentes segmentos.

A partir de 2008, começou a desenvolver trabalhos com a tecnologia BIM e passou a compor o time da Método em 2013. Na empresa, participou da compatibilização BIM e da coordenação de projetos como Complexo do Parque Olímpico, Shopping Cidade São Paulo, Paço Municipal de Osasco e Aeroporto de Fortaleza. Atualmente, atua como coordenadora de Projetos BIM na obra do Hipercenter Trimais Tucuruvi pela Método Engenharia.

Rafael Bahr
Palestra: Mega Construções

MINI-CURRÍCULO:

Rafael Bahr

Especialista em Gerenciamento de Projetos pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) e graduado em Tecnologia da Informação pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTF/PR). Atualmente, se dedica a fundamentar e viabilizar a aplicação real do BIM no Brasil através do Rubk®, projeto que visa redefinir a gestão de negócios da construção com BIM 5D.

É responsável pela idealização de novos softwares para o mercado da Construção Civil. Desde a identificação de oportunidades e estudo de viabilidade, ao gerenciamento da concepção, é especialista em criar soluções que simplificam a vida das empresas, com foco na inovação, na eficiência e na entrega do retorno sobre o investimento.

Rafael Fernandes Teixeira da Silva
Palestra: Case contratação BIM – Erro e Acertos – Público

MINI-CURRÍCULO:

Rafael Fernandes Teixeira da Silva

Engenheiro de Produção Civil e engenheiro de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialista em Direito Ambiental e Urbanismo e técnico em Manutenção Mecânica pela Escola Técnica Federal de Santa Catarina (ETF/SC). Atua como engenheiro no Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina, é gerente de Tecnologia da Informação do DEINFRA, coordenador do Laboratório e dos estudos de BIM, professor de MBA no INBEC no curso de pós-graduação em BIM, além de ser consultor BIM.

Ricardo Aloysio e Silva
O BIM na Construção 4.0

MINI-CURRÍCULO:

Ricardo Aloysio e Silva

Especialista em Engenharia de Projetos Industriais, Produção Automobilística, Sistema de Gestão Integrado e Gestão Estratégica de Instituições de Ensino e Tecnologia. Com mais de 20 anos de carreira no Sistema FIEMG – SENAI, hoje atua como gerente de Tecnologia e Educação para a Indústria e esta à frente de programas relacionados à Indústria 4.0, aumento de produtividade e eficiência energética.

Camila de Andrade Kfouri
Palestra: Case contratação BIM
PRIVADO

MINI-CURRÍCULO:

 

Camila de Andrade Kfouri

Arquiteta e urbanista formada pela Universidade de São Paulo (USP) em 2013. Ingressou na Método Engenharia por meio do Programa de Trainees em 2015 e, atualmente, é responsável pelo desenvolvimento tecnológico em BIM na empresa, bem comopela difusão dos conceitos desta metodologia na organização, gestão da modelagem e definição de estratégias do processo.

Lucas Bicalho
Protótipos para Canteiro 4.0  – Viabilizando o BIM com o LEAN em um obra predial residencial.

MINI-CURRÍCULO:

Lucas Bicalho

Lucas Bicalho é engenheiro civil, formado pela Faculdade Pitágoras, com Master Business Administration em BIM 3D, 4D e 5D, assim como em Planejamento e Controle de Obras. É Project Management Professional certificado pelo PMI com experiência em implementação e desenvolvimento de tecnologia BIM 4D e Lean para construção e indústrias de manufatura.

Atua como professor de MBA nas cadeiras de Planejamento 4D, BIM, Lean Construction. Também é consultor de Lean Manufacturing e Lean Office e oferece cursos de formação em: BIM 4D para gestão de obras*.

* Lean Construction para obras de médio e pequeno porte.

Elberte Gualberto Pongelupe
Fundador & CEO da Maxinst

MINI-CURRÍCULO:

 

Elberte Gualberto Pongelupe

Fundador & CEO da Maxinst

Tecnólogo em processamento de dados pela FABRAI, com MBA Executivo em Gestão de Negócios pela IBMEC e especialização em Novas Tecnologias em Educação e Treinamento. Possui mais de 25 anos de experiência na área de tecnologia, já atuou em diversos setores. 

Trabalhou por 16 anos no Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH), desenvolvendo experiências na área de TI, e por 7 anos como consultor na área de gestão de ativos. Há 8 anos fundou a MAXINST, empresa especializada em soluções tecnológicas para gestão de ativos e serviços, onde atua como CEO.

Tiago Randazzo Rabelo

MINI-CURRÍCULO:

Tiago Randazzo Rabelo 

Tiago Randazzo Rabelo é engenheiro eletricista pela PUC-Minas e pós-graduando em BIM pelo INBEC. Ingressou no Tribunal de Justiça de Minas Gerais em 2012, trabalhando no desenvolvimento, fiscalização e contratação de projetos de Engenharia para todo o estado. Participou de importantes projetos da instituição, como o Edifício Sede, Fórum de Uberlândia, Fórum de Nova Lima, além do novo Datacenter. 

Atuou também na fiscalização de obras. É pesquisador da metodologia BIM desde 2015, sendo um dos responsáveis por sua implementação no TJMG. Possui 15 anos de experiência no desenvolvimento de projetos de infraestrutura (saneamento, urbanização, transportes e siderurgia), nos segmentos de Engenharia Elétrica e de Automação, com projetos implantados em todo o Brasil.

Michell Ribeiro

Tecnologia BIM na oferta de serviços em aço.

Mini-currículo:

Michell Ribeiro é engenheiro civil formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e especialista em estruturas de concreto armado e protendidas. Atua como engenheiro de projetos na área de Engenharia e Inovação da ArcelorMittal e também com soluções de otimização de projetos estruturais e de produtividade no canteiro de obras.


EM BREVE


EM BREVE


EM BREVE

Realizadores

Patrocinadores

Patrocínio Diamante

Patrocínio Ouro

Patrocínio Prata

Patrocínio Bronze

Apoio Institucional

Empresas Parceiras

Saiba mais sobre os SeBIMs anteriores

No final de junho, Belo Horizonte sediou o 1º Seminário BIM (Building Information Modeling), uma parceria da Abrasip-MG (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais), Sinduscon-MG (Sindicato da Indústria da Construção Civil), Sebrae-MG (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Câmara Brasileira de BIM-MG.

O evento foi realizado na sede do Sebrae-MG e teve participação maciça de todos os envolvidos na cadeia produtiva da construção civil em Minas para conhecer mais sobre a tecnologia e os cases de sucesso de quem já utiliza BIM no dia a dia. O foco era fomentar e difundir os vários trabalhos que o mercado já possui como cases de sucesso nas áreas de arquitetura, estrutura, sistemas prediais e gestão de obras e projetos, para mostrar o que está sendo desenvolvido nessas disciplinas.

“Esse evento superou – e muito – todas as expectativas que tínhamos em todos os sentidos. Desde a impecável produção realizada pelo Sebrae MG, até as excelentes palestras que mostraram como o mercado mineiro já está muito preparado para trabalhar em BIM. Foi realmente de grande importância, um verdadeiro marco para a Abrasip-MG, pois um de nossos maiores objetivos é a valorização do projeto, algo que foi reforçado em todas as apresentações”, declara Bruno Marciano, presidente da Abrasip-MG.

A tecnologia BIM (Building Information Modeling) vem se tornado cada vez mais uma realidade no mercado, pois trata-se de uma metodologia de trabalho que impacta os processos da cadeia da construção, desde o estudo de viabilidade de um empreendimento até o pós-obra, auxiliando na manutenção e operação de um empreendimento. Há aproximadamente 10 anos o mercado brasileiro vem se familiarizando com essa poderosa ferramenta, de forma que, nos dias atuais, é nítida a percepção, que o mercado já entende os seus enormes benefícios, otimizações e precisão nos processos oriundos de sua utilização.

Na visão de Marciano, o evento foi muito diferenciado pois além de encorajar e fomentar a utilização do BIM e mostrar que todos estão preparados para atuar com essa nova tecnologia, também ajudou a ampliar o networking entre os agentes da construção civil e trouxe grandes exemplos que estão se destacando no mercado. “Inclusive, foi uma grande surpresa para todos, sabermos que a maior construtora da América Latina, que muito nos orgulha por ser uma empresa mineira, a MRV, já está em níveis avançados em sua utilização do BIM”, ressalta.

O presidente da Abrasip-MG também comemora o interesse e a vontade do mercado em crescer e se desenvolver. “Sei que atingimos o nosso propósito ao ver o brilho nos olhos de cada participante, seu contentamento e entusiasmo. Mais do que nunca, precisamos adotar novas tecnologias em nosso segmento, já que a máxima eficiência, produtividade e sustentabilidade (entre outros pontos) são questões de sobrevivência no momento que estamos e o BIM passa a ser fundamental. Esse recado foi muito bem transmitido a todos que participaram do evento, presencialmente ou assistindo online”, finaliza.

08/04/2019

A construção civil é atividade que gera enorme volume de dados e envolve profissionais de diferentes áreas. Para que um empreendimento se conclua de maneira eficaz, é preciso promover comunicação ágil e inteligente, com a troca e o compartilhamento de todos os elementos necessários para o empreendimento. O BIM – Building Information Modeling (Modelagem da Informação da Construção) surge como novo conceito quando se trata de projetos para construções. A tecnologia permite não apenas a visualização de uma maquete digital da obra como também a inclusão de informações detalhadas sobre o empreendimento, a sua estrutura, o seu funcionamento e os seus objetos.

O processo em BIM trabalha com modelos 3D e agrega todas as partes envolvidas no planejamento de uma construção, fornecendo informações aprofundadas sobre cada detalhe da obra, como questões hidráulicas, elétricas, estruturais e arquitetônicas etc. O sistema representa redução de custos na obra, transparência no planejamento e precisão nos custos e cronogramas, por isso proporciona maior eficiência e confiabilidade, já que com ele é possível antever problemas que só poderiam ser percebidos nos canteiros de obras. Além de identificar possíveis problemas ainda na fase de projeto, ou seja, antes da execução da obra.

De acordo com Carla de Paula Amaral Macedo, vice-presidente de comunicação e recursos associativos da Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais de Minas Gerais (Abrasip-MG), dessa maneira, é possível informar precisamente tudo o que será necessário para a construção. Mas, para dar certo, ela deve estar ligada à mudança de cultura em toda a cadeia da construção civil. “É uma metodologia, e a primeira visão se faz necessária uma mudança de paradigmas. Não só uma aprendizagem de softwares, mas todo um processo de concepção de projetos, já que o BIM envolve todas as pessoas e disciplinas que fazem com que um empreendimento saia do papel, indo do processo sequencial para o processo de engenharia simultânea”, pontua.

Entre os maiores benefícios do BIM na construção estão a melhoria da visualização do projeto e da comunicação da intenção do projeto; melhoria da colaboração multidisciplinar, além da redução do retrabalho. “O processo fornece informações precisas e relevantes ao longo do ciclo de vida de um edifício. No projeto são incluídas peças informativas, com os parâmetros geométricos, mas também identificados quais materiais serão utilizados para a edificação daquele elemento, as propriedades térmicas e acústicas e os custos envolvidos. Desde o processo criativo até a questão estrutural”, ressalta Carla Macedo.

Com informações atualizadas, a obra dificilmente terá sobra de matéria-prima e evitará os desperdícios que podem causar prejuízos em diferentes aspectos da construção. “Além de contribuir para uma obra mais assertiva, com menos aditivos de obras por erros de análise”, pontua a vice-presidente.

ARQUITETURA

O BIM vem, também, revitalizando a forma e a concepção nos processos arquitetônicos. Enquanto os desenhos nas pranchetas e o CAD permitem uma ideia, sem distinguir os elementos, esse sistema de dados incorpora outras dimensões, permitindo gerenciar a informação de forma inteligente ao longo do ciclo de vida de um projeto. “É o sistema automatizando processos de programação e projeto conceitual. É uma evolução das pranchetas e do AutoCad. Ele modela de forma tridimensional e simula todas as fases do projetos, como as questões hidráulica, acústica e elétrica. O que alavanca a evolução da arquitetura e a materialização do projeto. O BIM não se torna apenas uma ferramenta de consulta, mas de todas as condições de obra”, comenta Luiz Antônio Gazzi, arquiteto, urbanista e sócio-diretor da Arquitetura Oscar Ferreira.

O processo possibilita o compartilhamento, a simulação, a modelagem e a dinâmica de tomada de decisão. “Em nossa cultura de construção ainda existe uma operação muito artesanal. E estamos no caminho para uma construção mais industrializada. O BIM surge para potencializar esse processo”, pontua Luiz Gazzi.

De acordo com Luiz Antônio, esse processo traz oportunidade de agregar maior qualidade e mais eficiência aos projetos arquitetônicos. “Ele muda muitas situações com esse rompimento do tradicionalismo, além de aproximar o arquiteto em todos os processos da obra. Com o BIM, o projeto de arquitetura é mais trabalhado e há análise mais profunda de possíveis interferências técnicas, já que, com o sistema, tudo é visto antecipadamente. Isso gera maior eficiência e margem de acertos maior”, avalia o arquiteto.

05/07/2018

Maior produtividade e redução do desperdício são dois grandes desafios da indústria da construção civil, principalmente para os pequenos negócios do setor. Uma oportunidade para a melhoria da gestão e da sustentabilidade do segmento é a tecnologia BIM, que vem se consolidando no mercado brasileiro e é tema de um seminário, curso e consultorias que o Sebrae promove, a partir deste mês, em Belo Horizonte.

No dia 28 de junho, O 1º Seminário BIM de Minas Gerais reunirá especialistas, empresários e profissionais da cadeia da construção civil de Minas Gerais para apresentar experiências bem-sucedidas no setor pela utilização desse novo modelo de trabalho. O evento, que terá transmissão on-line, é realizado em parceria com a Câmara Brasileira de BIM (CBIM), Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (Abrasip-MG). Informações e inscrição: www.sebrae.com.br/minasgerais ou (31) 3072-3841.

BIM é a sigla de Building Information Modeling, metodologia de trabalho em expansão no mercado brasileiro da construção. “Este novo modelo permite otimizar os resultados operacionais e financeiros na construção civil, pela maior integração dos diversos processos de uma obra”, explica Jefferson Santos, analista do Sebrae Minas.

O BIM beneficia toda a cadeia produtiva do setor e tem impacto direto no usuário final, que poderá ter, por exemplo, um orçamento mais fidedigno da obra. “Com esse método, o usuário tem como saber com 98% de acerto, em alguns casos, qual o prazo e o custo do serviço que ele está contratando”, afirma Jefferson. Isso é possível, segundo o analista, porque a nova metodologia elimina a superposição de tarefas em uma obra, já que garante o registro de todas as informações e seu compartilhamento para as partes envolvidas.

Por envolver 100% da cadeia da construção civil, a implementação do BIM é um processo gradativo, que demanda tempo. “É uma mudança de paradigma no setor”, pontua Jefferson Santos. Para auxiliar as pequenas empresas nessa tarefa, o Sebrae também passa a oferecer um curso de 16 horas sobre o tema, além de consultorias tecnológicas para facilitar a implementação da metodologia BIM. A primeira turma do curso será realizada nos dias 26 e 27 de junho, em Belo Horizonte. Os interessados em se inscrever para próximas turmas devem entrar em contato com o Sebrae, pelo telefone 0800 570 0800.

ADEQUAÇÃO

A implementação do BIM não é apenas uma oportunidade para as empresas da cadeia da construção civil: será uma exigência. O projeto de lei 6.619/2016 propõe uma alteração na Lei 8.666, que estabelece normas gerais sobre licitações, para que todas as obras públicas sejam contratadas por esse método. Em 2017 foi publicado decreto do Governo Federal criando um comitê estratégico de Implantação da Tecnologia BIM no Brasil.

A INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

As Micro e Pequenas Empresas (MPE) representam 99% do setor da construção em Minas Gerais, segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais/ 2015), do Ministério do Trabalho. Entre 2010 e 2015, o número de pequenos negócios na construção civil mineira aumentou mais de 48%, saltando de 26.275 para 39.089. Apesar da crise econômica que teve forte impacto sobre o setor, os pequenos negócios da construção geraram mais de 132 mil postos de trabalho em Minas Gerais em 2015, algo em torno de 7% do total de empregos formais no estado.

SERVIÇO

1º Seminário BIM de Minas Gerais
28 de junho
7h30 às 18h (o evento será transmito on-line)
Local: sede do Sebrae Minas – Av. Barão Homem de Melo, 329 – Nova Granada/BH
Investimento: R$ 100,00 (geral) e R$ 50,00 (empresas associadas às entidades apoiadoras e/ou atendidas pelo Sebrae Minas).
Informações e inscrição: www.sebrae.com.br/minasgerais ou (31) 3072-3841.

Fonte: Por Dentro de Minas

05/07/2018

Sebrae vai capacitar pequenas empresas do setor em método de trabalho que integra processos, reduz custos e aumenta a sustentabilidade dos negócios.

Maior produtividade e redução do desperdício são dois grandes desafios da indústria da construção civil, principalmente para os pequenos negócios do setor. Uma oportunidade para a melhoria da gestão e da sustentabilidade do segmento é a tecnologia BIM, que vem se consolidando no mercado brasileiro e é tema de um seminário, curso e consultorias que o Sebrae promove, a partir deste mês, em Belo Horizonte.

No dia 28 de junho, O 1º Seminário BIM de Minas Gerais reunirá especialistas, empresários e profissionais da cadeia da construção civil de Minas Gerais para apresentar experiências bem-sucedidas no setor pela utilização desse novo modelo de trabalho. O evento, que terá transmissão on-line, é realizado em parceria com a Câmara Brasileira de BIM (CBIM), Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (Abrasip-MG). Informações e inscrição: www.sebrae.com.br/minasgerais ou (31) 3072-3841.

BIM é a sigla de Building Information Modeling, metodologia de trabalho em expansão no mercado brasileiro da construção. “Este novo modelo permite otimizar os resultados operacionais e financeiros na construção civil, pela maior integração dos diversos processos de uma obra”, explica Jefferson Santos, analista do Sebrae Minas.

O BIM beneficia toda a cadeia produtiva do setor e tem impacto direto no usuário final, que poderá ter, por exemplo, um orçamento mais fidedigno da obra. “Com esse método, o usuário tem como saber com 98% de acerto, em alguns casos, qual o prazo e o custo do serviço que ele está contratando”, afirma Jefferson. Isso é possível, segundo o analista, porque a nova metodologia elimina a superposição de tarefas em uma obra, já que garante o registro de todas as informações e seu compartilhamento para as partes envolvidas.

Por envolver 100% da cadeia da construção civil, a implementação do BIM é um processo gradativo, que demanda tempo. “É uma mudança de paradigma no setor”, pontua Jefferson Santos. Para auxiliar as pequenas empresas nessa tarefa, o Sebrae também passa a oferecer um curso de 16 horas sobre o tema, além de consultorias tecnológicas para facilitar a implementação da metodologia BIM. A primeira turma do curso será realizada nos dias 26 e 27 de junho, em Belo Horizonte. Os interessados em se inscrever para próximas turmas devem entrar em contato com o Sebrae, pelo telefone 0800 570 0800.

ADEQUAÇÃO

A implementação do BIM não é apenas uma oportunidade para as empresas da cadeia da construção civil: será uma exigência. O projeto de lei 6.619/2016 propõe uma alteração na Lei 8.666, que estabelece normas gerais sobre licitações, para que todas as obras públicas sejam contratadas por esse método. Em 2017 foi publicado decreto do Governo Federal criando um comitê estratégico de Implantação da Tecnologia BIM no Brasil.

A INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO EM MINAS GERAIS

As Micro e Pequenas Empresas (MPE) representam 99% do setor da construção em Minas Gerais, segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais/ 2015), do Ministério do Trabalho. Entre 2010 e 2015, o número de pequenos negócios na construção civil mineira aumentou mais de 48%, saltando de 26.275 para 39.089. Apesar da crise econômica que teve forte impacto sobre o setor, os pequenos negócios da construção geraram mais de 132 mil postos de trabalho em Minas Gerais em 2015, algo em torno de 7% do total de empregos formais no estado.

PRIMEIRO SEMINÁRIO BIM DE MINAS GERAIS

28 de junho
7h30 às 18h (o evento será transmito on-line)
Local: sede do Sebrae Minas – Av. Barão Homem de Melo, 329 – Nova Granada/BH
Investimento: R$ 100,00 (geral) e R$ 50,00 (empresas associadas às entidades apoiadoras e/ou atendidas pelo Sebrae Minas).
Informações e inscrição: www.sebrae.com.br/minasgerais ou (31) 3072-3841.

Fonte:  Maxpress

05/07/2018

Seminário incentiva trabalho com tecnologia

No dia 28, Belo Horizonte sedia o 1º Seminário Building Information Modeling (Bim), parceria da (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (Abrasip-MG), Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-MG), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG) e a Câmara Brasileira de BIM-MG. “Posso adiantar que estamos muito entusiasmados com esse evento, que será diferenciado e único, já que mostraremos para o mercado, por meio de cases mineiros, o que o BIM pode fazer pelo nosso mercado nos dias de hoje. Queremos incentivar aqueles que não começaram a trabalhar com a tecnologia e também motivar os que estão iniciando”, declara Bruno Marciano, presidente da Abrasip-MG. Outro projeto relevante sob a liderança da Abrasip-MG é a formação do Grupo Valorizar, para fortalecimento do setor técnico da indústria da construção. As reuniões visam à união e organização das entidades ligadas à área e inclui encontros periódicas para debates de temas de interesse.

O presidente também antecipa que os preparativos para as comemorações oficiais dos 15 anos estão em andamento e comemora o crescimento e desenvolvimento da instituição desde sua criação. “É muito gratificante assumir a presidência de uma entidade com o renome e a credibilidade da Abrasip-MG, frutos de muita dedicação, empenho e disciplina das diretorias, conselhos e comissões anteriores. Estamos completando 15 anos de existência e, hoje, podemos dizer que temos o respeito do mercado, já que somos referência técnica no segmento de engenharia de sistemas prediais. Seja por quem nos contrata, seja pelos fornecedores ou parceiros das demais disciplinas de projetos. Além disso, somos ouvidos e chamados pelas concessionárias afins à nossa atuação, quando necessário. Dessa forma, sabemos que temos muito a caminhar, mas, com certeza, com o que foi conquistado até o momento, a caminhada se torna mais prazerosa e profícua”. O evento será na sede do Sebrae-MG, das 7h30 às 18h. Inscrições no http://sebimmg.com.br/

MRV ENGENHARIA
Projeto de gestão de carbono

Programa da MRV Engenharia para reduzir a emissão de gases de efeito estufa em seus escritórios, lojas e obras recebeu menção honrosa na 24ª edição do prêmio Mérito Ambiental da (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que homenageia as empresas que se destacaram e trouxeram resultados significativos na implementação de projetos ambientais e sociais no estado de São Paulo. O reconhecimento da construtora na categoria Médias e Grandes Empresas, foi com o plano de gestão de carbono da MRV, que envolve diversos setores da empresa e busca a melhoria contínua na elaboração e verificação externa do Inventário de Gases de Efeito Estufa. “Esse prêmio é mérito de todos da MRV Engenharia, pois, em 2016, quando a presidência da companhia aderiu ao Pacto Global das Nações Unidas, todos os colaboradores da empresa acreditaram no projeto” destaca José Luiz Esteves, gestor de segurança, saúde e meio ambiente da mrv? Engenharia. Também contemplam o plano de gestão de carbono da MRV programas de treinamentos e capacitações para colaboradores e terceirizados e fornecedores, análise do ciclo de vida do carbono nos empreendimentos, adaptação, análise de vulnerabilidade e análise de risco às mudanças climáticas, precificação do carbono e diagnóstico das fontes e processos de emissões.

SINDUSCON-MG
Sistemas hidráulicos prediais

Uma edificação requer diferentes produtos para sua conclusão. Entre eles, os tubos e conexões utilizados para a condução de água. Nem sempre visíveis, esses sistemas são primordiais para a boa manutenção das edificações ao longo do tempo. Focados nessas questões, o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e a empresa Amanco realizam terça-feira, em Belo Horizonte, o evento “Norma de Desempenho aplicada em Soluções e Sistemas de PVC”, com o objetivo de abordar inovações sobre sistemas hidráulicos prediais. A iniciativa será ministrada pela doutora em engenharia de construção civil e urbana Vera Fernandes-Hachichis e vai tratar de temas como controle tecnológico de tubos e conexões, boas práticas na instalação, uso e manutenção desses sistemas e critérios de desempenho para avaliação, entre outros assuntos. O evento é gratuito.

05/07/2018

O Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix é um dos apoiadores na realização do 1º Seminário BIM (SeBIM) de Minas Gerais. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (ABRASIP/MG) em conjunto com o Sindicato da Indústria da Construção (SINDUSCON/MG), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/MG) e Câmara Brasileira de BIM (CBIM). O SeBIM, será realizado no dia 28 de junho, na sede do Sebrae Minas, em Belo Horizonte, e terá como tema central “O que o BIM pode fazer por você agora?”.

A tecnologia BIM (Building Information Modeling) é uma metodologia de trabalho que impacta os processos da cadeia de construção, desde o estudo de viabilidade de um empreendimento até o pós-obra, auxiliando na manutenção desde empreendimento. A ideia do evento é discutir cases nas áreas de arquitetura, estrutura, sistemas prediais, gestão de obras e projetos. Além disso, seminário pretende mostrar ao mercado o que está sendo pensado nesse sentido.

O Izabela Hendrix é parceiro do evento e será representado pelos professores Lúcio de Souza Campos Neto, coordenador do curso de Engenharia da Computação e professor do curso de Engenharia Civil; Márcia Maria Cavalieri, coordenadora (noturno) e professora do curso de Arquitetura e Urbanismo; e Patrícia Elizabeth Ferreira Gomes Barbosa, professora dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas na página do SeBIM: http://sebimmg.com.br/

Fonte: Izabela Hendrix

05/07/2018

No dia 28 de junho, Belo Horizonte sedia seminário voltado para a discussão da tecnologia BIM (Building Information Modeling), que vem se tornando cada vez mais uma realidade em nosso mercado.

Com o tema “O que o BIM pode fazer por você agora?”, o Seminário BIM apresentará cases nas áreas de arquitetura, estrutura, sistemas prediais e gestão de obras, para mostrar ao mercado o que está sendo feito nessas disciplinas.

Idealizado e formatado pela Abrasip-MG, o seminário será realizado em parceria com Sinduscon-MG, Sebrae-MG e CBim. O Sinaenco-MG participa como apoiador institucional do evento.

Fonte: Sinaenco

04/07/2018

Instituição promove este e outros eventos de peso este ano, em parceria com grandes entidades mineiras

No dia 28 de junho, Belo Horizonte sedia o 1º Seminário BIM (Building Information Modeling), uma parceria da Abrasip-MG (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais), Sinduscon-MG (Sindicato da Indústria da Construção Civil), Sebrae-MG (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Câmara Brasileira de BIM-MG. O evento será na sede do Sebrae e as inscrições estarão abertas a partir de meados de maio para todas as empresas, profissionais e estudantes da área.

“Posso adiantar que estamos muito entusiasmados com este evento, que será diferenciado e único, já que mostraremos para o mercado, através de cases mineiros, o que o BIM pode fazer pelo nosso mercado nos dias de hoje. Queremos incentivar aqueles que não começaram a trabalhar com a tecnologia e também motivar os que estão iniciando”, declara Bruno Marciano, presidente da Abrasip-MG. A programação completa será divulgada em breve.

Outro projeto relevante sob a liderança da Abrasip-MG é a formação do ‘Grupo Valorizar’ para fortalecimento do setor técnico da indústria da construção. As reuniões visam uma união e organização das entidades ligadas à área e inclui reuniões periódicas para debates de temas de interesse. Entre as instituições, além da Abrasip-MG, estão Abea-MG (Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura), Abece-MG (Associação Brasileira de Engenharia de Cálculo Estrutural), Abrava (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento), Sinaenco-MG (Sindicato das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva), Abee-MG (Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas), Cau-MG (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e Crea-MG (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), além de representantes das universidades UFMG e Izabela Hendrix.

Um evento também muito aguardado a cada ano, que chega a sua 15ª edição é o consagrado e esperado Seminário de Atualização Tecnológica da Abrasip, que já está em fase de elaboração. E, assim como os citados acima, faz parte do plano de ações da instituição para 2018. A nova gestão tomou posse no início do ano e, desde então, tem se empenhado em um intenso trabalho de envolvimento dos associados em comissões de trabalho.

“Acreditamos efetivamente que a união de esforços é muito importante para o sucesso de uma associação. Nesse sentido, estamos com várias frentes de trabalhos, através de comissões relacionadas com normatização, relacionamento com instituições de ensino, relacionamento com concessionárias e órgãos públicos, BIM etc. Estamos também com uma programação extensa de treinamentos técnicos para capacitação do nosso associado, já que precisamos estar atentos às novidades e em constante aprimoramento técnico”, complementa Bruno Marciano.

O presidente também antecipa que os preparativos para as comemorações oficiais dos 15 anos estão em andamento e comemora o crescimento e desenvolvimento da instituição desde sua criação. “É muito gratificante assumir a presidência de uma entidade com o renome e credibilidade da Abrasip-MG, frutos de muita dedicação, empenho e disciplina das diretorias, conselhos e comissões anteriores. Estamos completando 15 anos de existência e hoje podemos dizer que temos o respeito do mercado, já que somos referência técnica no segmento de Engenharia de Sistemas Prediais. Seja por quem nos contrata, seja pelos fornecedores ou parceiros das demais disciplinas de projetos. Além disso, somos ouvidos e chamados pelas concessionárias afins à nossa atuação, quando necessário. Dessa forma, sabemos que temos muito a caminhar, mas com certeza com o que foi conquistado até o momento, a caminhada se torna mais prazerosa e profícua”.

SOBRE A ABRASIP

A Abrasip (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais) é uma sociedade civil sem fins lucrativos, de direito privado, com autonomia administrativa e financeira, atuando no país desde dezembro de 2000. Reúne as principais empresas atuantes na área de desenvolvimento de projetos de instalações elétricas, hidrossanitárias, de telecomunicações, prevenção e combate ao incêndio, climatização, exaustão, automação predial e eficiência energética, entre outras especialidades, com empreendimentos presentes em todo o território nacional.

A regional mineira da associação (Abrasip-MG) reúne as mais destacadas empresas do setor de engenharia de sistema prediais em Minas Gerais desde outubro de 2002, atuando como entidade formal desde 17 de novembro de 2003. Seu principal objetivo é a difusão e a valorização das atividades e serviços prestados por suas empresas associadas, por meio da qualificação da cadeia produtiva e da conquista de índices ainda mais expressivos nos quesitos segurança e desempenho das edificações, assegurando sua conformidade com as principais tendências da construção civil. Isso se dá através da avaliação de formas alternativas para geração de recursos e ações de melhorias contínuas da qualidade na engenharia e nos projetos dos diversos sistemas.

A gestão atual da entidade é formada por Bruno Gonçalves Marciano de Oliveira (presidente), Francisco José Simões Pimenta (vice-presidente de relações institucionais), Carla de Paula Amaral Macedo (vice-presidente de recursos associativos e comunicação), Marcelo Trindade Almeida (vice-presidente administrativo e financeiro) e Henrique Naime (vice-presidente de atividades técnicas).

Fonte: Revista Cenário de Minas

17/05/2018

Iº SeBIM acontece em Belo Horizonte para mostrar ao mercado como esta nova tecnologia já está sendo vivenciada pelo mercado da arquitetura, engenharia e construção civil.

No dia 28 de junho, acontece em Belo Horizonte, o 1º SeBIM (Seminário BIM), com o tema “O que o BIM pode fazer por você agora?”, o seminário apresentará cases nas áreas de arquitetura, estrutura, sistemas prediais e gestão de projetos e, assim, mostrar o que já está sendo feito em Minas Gerais, pelos profissionais locais da indústria AEC (Arquitetura, Engenharia e Construção).

Segundo a arquiteta Denise Aurora, especialista na utilização do BIM em seus projetos no escritório Aurora Arquitetura, e que está à frente deste evento como VP de Comunicação e Marketing da CBIM-MG, uma das organizadoras do seminário, ao lado da Abrasip-MG, Sebrae-MG e Sinduscon-MG explica a intenção do evento. “Apesar da complexidade da tecnologia BIM, ela precisa ser conhecida e trabalhada. Os palestrantes, de forma direta e simples, vão mostrar que esse começo é possível e, mais do que isso, como Minas Gerais já se posicionou nessa tecnologia”, explica.

Dentre os profissionais, nomes como Flávio Paulino, gestor executivo de projetos e orçamentos na MRV Engenharia, o professor doutor Eduardo Marques Arantes, responsável pela disciplina BIM na UFMG, Flávio Paulino, gestor executivo de projetos e orçamentos na MRV Engenharia, Rogério Suzuki, consultor e especialista BIM e demais profissionais do mercado mineiro.

Dentre os profissionais, nomes como Flávio Paulino, gestor executivo de projetos e orçamentos na MRV Engenharia, o professor doutor Eduardo Marques Arantes, responsável pela disciplina BIM na UFMG, Flávio Paulino, gestor executivo de projetos e orçamentos na MRV Engenharia, Rogério Suzuki, consultor e especialista BIM e demais profissionais do mercado mineiro.

O SeBIM acontece no dia 28 de junho, no Sebrae-MG, das 7h30 às 18h30. As inscrições serão abertas no dia 15 de maio, no valor de R$100,00. A ocupação do auditório é de aproximadamente 240 lugares.

Contatos sobre o Seminário: Carla de Paula Amaral Macedo, (31)99102-8183,sebim@abrasipmg.com.br

Fonte: Senhor das Obras

15/05/2018

Newsletter

Cadastre-se! Fique por dentro das novidades da ABRASIP-MG e do mercado de Sistemas Prediais:

Siga-nos
Galeria